ONG Parceira do PortoWeb

Quinta-feira atenção à esquizofrenia pauta atividade na Redenção em Porto Alegre

Nenhuma namorada, amiga, mãe, pai ou familiar recebe na educação escolar instruções para administrar uma situação de surto ou de diagnóstico de doença mental. “A AGAFAPE é uma associação de voluntários que dá apoio a familiares e às pessoas diagnosticadas com doenças mentais. Na quinta-feira, 24 de maio, colocaremos Porto Alegre no mapa mundial das cidades que participam do Dia de Conscientização à Esquizofrenia”, informa Marilia Coelho Cruz, presidente da  AGAFAPE, a Associação Gaúcha de Familiares de Pacientes Esquizofrênicos e demais doenças mentais.

Na capital gaúcha, as atividades para esta data internacional acontecem no Parque da Redenção junto ao Monumento do Expedicionário a partir das 10 h da manhã, estendendo-se pelo período da tarde. “Iniciaremos com uma roda de conversa para dar maiores informações sobre esse assunto, pois existe muito preconceito sobre doenças mentais e, principalmente, esquizofrenia”, afirma Marília.

Ao meio-dia haverá um grande pic-nic entre os participantes da AGAFAPE e pessoas interessadas neste trabalho, seguido por atividades vespertinas. As oficinas da tarde reproduzem um pouco do que acontece semanalmente na sede da instituição: educação física, dança circular, arte e cultura. Para Marília, além de prestar esclarecimentos sobre a doença, realizar essas atividades em um local público contribui para inclusão social de quem foi diagnosticado com esse tipo de doença: “são pessoas como tantas outras, que trabalham, que se socializam desde que tenham oportunidades.”

 

De familiar para familiares

A AGAFAPE existe há 26 anos, iniciando no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, com o apoio da equipe do Dr. Paulo Abreu. Ao longo da caminhada, onde familiares buscam dividir os problemas e ajudar-se mutuamente, a entidade conquistou uma sede própria localizada no centro histórico da cidade, no 6º andar da Galeria Malcon.

“Aqui nosso objetivo é a defesa dos direitos mentais, dando apoio a familiares e reabilitação social a quem foi diagnosticado com esse tipo de doença”, sintetiza Marília. Além do grupo de familiares voluntários, trabalham na entidade uma assistente social e uma psicóloga que participa da reunião semanal com os familiares. Todas as quartas-feiras, às 15h, cuidadores de pessoas diagnosticadas podem ser ouvidos e acolhidos em suas dúvidas e angústias.

Integrando atividades do Atelier da Vida, “diariamente, prestamos atendimento a um grande número de pessoas acometidas por esquizofrenia, Transtorno Afetivo Bipolar (TAB), Transtorno Bipolar de Humor (TBH), autismo, depressão e retardo mental. Elas identificam e reconhecem o espaço da AGAFAPE como uma referência saudável em seu dia-a-dia, ao participarem de oficinas que promovem a
socialização através de atividades em grupo dentro de um espaço coletivo de troca e interação” explica a presidente da entidade.

Entre as instituições que dão suporte à AGAFAPE para a realização das diversas oficinas está a Faculdade de Psicologia do Instituto Universitário Metodista - IPA. O evento de quinta-feira também recebe a contribuição de outras entidades: SAGE,  Coordenação de Saúde Mental da Secretaria de Saúde do Município de Porto Alegre, ONG Parceiros Voluntários, Ritter Alimentos S.A., AVESOL e Mesa Sul.

Dia de Conscientização à Esquizofrenia

Muitos países ao redor do mundo elegeram o dia 24 de maio como Dia de Conscientização à Esquizofrenia,  em inglês “Schizophrenia Awareness Day”. No Brasil, a iniciativa partiu da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) em parceria com a Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Esquizofrenia e o grupo Mãos de Mães, de São Paulo.

“Aqui em nosso Estado, a Associação Gaucha de Familiares de Pacientes Esquizofrênicos e demais doenças mentais (AGAFAPE) conclama os gaúchos a participarem dessa mobilização com a reflexão: O que eu posso fazer?”, explica Georgina Bond-Buckup, voluntária da AGAFAPE. “Convidamos todos a se envolverem com essa causa, lutando pela inclusão e pela não discriminação dos esquizofrênicos, criando, assim, uma sociedade mais igualitária.”

O evento de Porto Alegre pode ser acessado no facebook, na página da AGAFAPE.  Em território nacional, as atividades agendadas neste dia, podem ser conferidas no link: http://entendendoaesquizofrenia.com.br/website/?p=6914

 

Serviço

Evento: Dia de Conscientização à Esquizofrenia

Data: 24 de maio de 2018

Local: Arcos do Parque da Redenção, Porto Alegre –RS

Horário: a partir das 10h estendendo-se até 17h

Atividades: Roda de conversa, pic-nic e oficinas de educação física, dança circular, arte e cultura.

Contato para informações: AGAFAPE 32250395 (à tarde)

Contato para entrevistas: Marilia Coelho Cruz, presidente da  AGAFAPE, fone:  51 992 675 308

Em caso de tempo instável, o evento acontece a partir das 14h na sede da AGAFAPE, 6º andar da Galeria Malcon, Rua dos Andradas, 1560, centro histórico de Porto Alegre.

Divulgação: jornalista Cláudia Dreier,  dreierclaudia3@gmail.com  



A+-     A  ?
» Contatos
Associação Gaúcha de Familiares 
de Pacientes
Esquizofrênicos - AGAFAPE

Rua dos Andradas
1560, 6º andar - Galeria Malcon.
Bairro Centro.
CEP: 90020-010

Porto Alegre - RS.

 (51) 3225-0395
 (51) 3227-3065
 Fale Conosco






Desenvolvimento PROCEMPA